Categorias
Tapete Vermelho Textos

#TBThread – Casamento Real, Príncipe Harry com Meghan Markle

As threads de moda masculina sempre foram uma marca registrada do meu perfil no Twitter. Comecei a comentar os eventos de tapete vermelho para falar de como os homens estavam vestidos e os seguidores gostavam bastante. Foi quando eu comecei a postar com mais frequência sobre o assunto que surgiu a ideia desse site e do podcast. Para relembrar os Fios e deixar registrado aqui no site que nasceu o #TBThread.

Casamento Real, Príncipe Harry com Meghan Markle

Em setembro de 2018 aconteceu o segundo casamento real da era do twitter, do Príncipe Harry e da atriz Meghan Markle. Confira os looks abaixo que selecionei na época.

Patrick J. Adams (Mike de Suits): Com uma vestimenta bem tradicional, deixou a cor transparecer em sua gravata. Além da gravata bordô, também destaco o pocket square (lenço de bolso) branco em ponta. Por ser um traje clássico, temos o colete profundo, típico do traje formal, com abotoadura lateral. Clássico.

Gabriel Macht (Harvey em Suits): Paletó azul marinho, colete cinza, calça em cinza escuro e gravata combinando com o vestido da esposa. Achei uma ótima a combinação que evita ser tediosa. O pocket square clássico branco na dobra chamada “presidencial”.
Teve variação de cor, mas sem sair do figurino.

Marcus Mumford: Aqui temos uma variação do colete. A calça cinza em risca e o paletó e o colete azul bem escuro. Gravata prateada com um prendedor e um lenço de bolso pontudo. Um toque final com o Rayban Clubmaster para suportar o sol.

James Blunt: Três fotos, porque primeiro pensei ser um paletó preto, mas depois finalmente me conformei que é um azul bem escuro. Colete claro para entrar em contraste e uma gravata azul clara. Calça cinza para não errar. Sem lenço de bolso. You’re beautiful, it’s true.

Sir Elton John e o marido David Furnish: Aqui quem deu show foi David. Sir Elton está com um paleto pouco alinhado, manga longa demais e com muito “volume” em geral. Gravata azul e pocket square bem colorido (usando a dobra “puff”). O estilo extravagante de Elton John é conhecido e nem é isso que procuro apontar aqui, mas sim os detalhes que passaram despercebidos para alguém que usa o visual como marca, as mangas do paletó não podem cobrir o pulso dessa maneira.

Ainda sobre David Furnish, marido de Sir Elton John: Colarinho branco e camisa azul bem clara com estampas. Gravata e pocket square cheio de vida. Seu paletó está bem melhor ajustado que o de seu marido. Curiosidade: camisa “pinned collar”, enquanto John usa colarinho inglês.

Santtu Seppälä (quem? Marido da Sarah Rafferty, a Donna de Suits): Sem ousadia. Calça cinza em risca. Sapato Derby preto. Tuxedo azul escuro e vest (colete) cinza. Gravata em um azul claro, bem interessante.

O que mais chama atenção é o colete amarelo (deve ser bege) do cara de trás! (curti!)

Chegou a vez de James Corden: Confesso que esperava bem mais dele por causa da sua personalidade e carisma. Mais um kit azul escuro e calça cinza. Sem lenço de bolso e um colarinho bem pontudo no paletó. O colete em um cinza um pouco mais claro e uma gravata em cinza chumbo.

Tom Hardy completamente careca (tomara que ele tenha uma desculpa): O que chama atenção em seu conjunto monocromático azul são os detalhes na gravata, o colete de cinco botões.

Ron Hoffman, o Louis de Suits: Colarinho americano, calça e colete em cinza escuro – gostei bastante desse colete! Paletó azul bem escuro e uma gravata em azul mais claro. Clássico e sem lenço de bolso.

Idris Elba: Apostou no clássico e acertou. Um detalhe é para a profundidade do seu colete, com apenas dois botões. Impecável.

O marido da Amal Alamuddin, também chamado de George Clooney: Mr. Clooney usa um costume cinza claro com camisa light blue e gravata e pocket square amarelo com branco – fazendo combinação com o vestido de Amal. O look mais moderno (e americano) dos apresentados aqui.

Agora dois pequenos destaques: O marido da Selena em excelente caimento e o colete do marido da Pipppa Middleton.

E o 2° melhor homem vestido, Nacho Figueiras (jogador de polo!?), paletó de abotoadura lateral, camisa com colarinho em contraste, gravata escura e o único a usar um loafer no pé.

Agora sim, David Beckham: Cinza escuro nas camadas exteriores, cinza mais claro na interior. Gravata cinza bem escura. Pocket square branco. Ah, e o detalhe matador: corrente do relógio de bolso. Perfeição.

Considerações finais: Beckham não é novidade ele estar fantástico. Rayban Clubmaster é uma tendência que nunca morrerá.

Categorias
Podcast

20 – Sara Hoff: Vida acadêmica e cafés da manhã em isolamento social

Vigésimo podcast no ar e essa é uma edição muito especial para mim porque é um podcast “caseiro”, a entrevistada é minha namorada Sara Hoff. Em pergunta no twitter, teve pessoas que queriam saber dela e de seus cafés da manhã. Ganharam muito mais que isso, ganharem uma mostra de como são as conversas no balcão da cozinha, um pouco da rotina de doutoranda em letras e, claro, os segredos dos cafés da manhã que posto no meu Instagram.

A Sara Hoff é doutoranda em Letras pela UFRGS, Bacharel em Administração e uma grande fã de café da manhã. Ela concordou em gravar para o podcast e como foi gravado em casa, ele foge um pouco da “regra estética” dos outros programas. Mas espero que vocês gostem de ouvir, assim como gostamos de gravar!

Siga o Sara Hoff nas redes sociais:

@saraluizah no Twitter.
@saraluizah no Instragram.

Créditos da Foto: Fernanda Klauck Fotografia.

Confira os outros episódios da série de bate-papos em tempos de pandemia

Confira os episódios anteriores sobre mudança de rotina e pandemia.

Categorias
Podcast

19 – Pandemia, vídeo games e rotinas com Rodrigo Sanches

Feitoria! Nessa semana o Fane Alinha fala com um cara que manja muito de design, vídeo-games, o universo e muito mais!

O bate-papo é com Rodrigo Sanches, designer do G1 e criador de conteúdo do site Bonus Stage. Conversamos sobre como a pandemia mudou as rotinas dele, mudou as rotinas na industria dos games e também cultura nerd!

Siga o Rodrigo Sanches nas redes sociais:

@RushSanches no Twitter.
@RushSanches no Instragram.

Site Bonus Stage.
@bonusstagebr no Twitter.
@bonusstage no Instagram.

Confira os outros episódios da série de bate-papos em tempos de pandemia

Confira os episódios anteriores sobre mudança de rotina e pandemia.

Categorias
Podcast

18 – A administração e consciência social de Marcelo Carvalho

Desde o programa nove o Fane Alinha está conversando com pessoas diferentes que tiveram suas rotinas mudadas por conta do Coronavírus. Pessoas que estão em reclusão e tentando fazer o melhor para impedir o vírus de espalhar. Em poucas palavras, pessoas que estão ajudando a preservar vidas. Quando soube do assassinato de George Floyd por um policial no Minessota/EUA e vi os protestos em busca de justiça crescerem pelo mundo, tive um choque de realidade que foi até idiota.

Essa semana eu converso com o Bacharel em Administração e diretor-executivo do Observatório da Discriminação Racial no Futebol, Marcelo Carvalho.

Marcelo é um incansável ativista e que arranjou um tempo em seu dia para conversar comigo. Falamos sobre como é ser um administrador com entendimento social, sobre futebol, atletas e, claro, sobre dificuldades impostas pelo racismo.

Siga a Marcelo Carvalho nas redes sociais:

@mmcarvalho8 no Twitter.
@mmcarvalho8 no Instagram.

Site http://observatorioracialfutebol.com.br/
Instagram do Observatório.
Twitter do Observatório.

Confira os outros episódios da série de bate-papos em tempos de pandemia

Confira os episódios anteriores sobre mudança de rotina e pandemia.

Categorias
Podcast

17 – Denise Tamer: Pandemia no Uruguai, fronteira e um casamento que não aconteceu!

O que fazer quando seus planos foram arruinados por uma gigantesca pandemia em escala global? Essa resposta é difícil de se conseguir e provavelmente não exista uma única resposta correta. No episódio da semana vamos descobrir como a vida e rotina de Denise Tamer foi afetada pelo SARS-COV-2, conhecido popularmente como Coronavírus.

A Denise Tamer é jornalista e mestre em Comunicação e Cultura na Universidade Católica do Uruguai e trabalhou com informação e comunicação tanto no Brasil quanto no Uruguai.

Batemos um bate-papo amplo, queria entender a realidade do país que possui menos casos de COVID-19 na América Latina, 845 confirmados e apenas 23 mortes, entender como funciona a região da fronteira com o Brasil e, claro, saber como foi o impacto da pandemia na sua vida pessoal. Além disso, até de moda falamos um pouco!

Siga a Denise Tamer nas redes sociais:

@dtamer no Twitter.

Confira os outros episódios da série de bate-papos em tempos de pandemia

Confira os episódios anteriores sobre mudança de rotina e pandemia.

Categorias
Podcast

16 – Geórgia Santos, a Imprensa Experimental resiste ao vírus!

Feitoria! Mais um privilegiado podcast de bate-papo com uma pessoa incrível, a Geórgia Santos. Aliás, Doutora Geórgia Santos é jornalista, cientista politica, editora-executiva do Portal Vós e integrante do Sarau “Bola na Rede”. Ufa, é coisa!

O assunto ainda é sobre os impactos do Coronavírus nas rotinas. Melhores programas ruins para se ver na TV, rotinas diárias que foram afetadas, redes sociais, o incrível trabalho e drama que é ir buscar uma simples encomenda…

Um bate-papo de realismo, um pouco de esperança e muitas dúvidas.

Siga a Geórgia Santos nas redes sociais:

@GeorgiapSantos no Twitter.

@Vos_Social no Twitter.
@Vos_Social no Instagram.

Vos.Social é o site.
Bendita Sois Vós é o podcast.

Confira os outros episódios da série de bate-papos em tempos de pandemia

Confira os episódios anteriores sobre mudança de rotina e pandemia.

Categorias
Podcast

15 – Guffo. Cerrado Brasileiro, Futebol e Apostas em tempos de Pandemia

Feitoria! Mais uma semana e mais um bate-papo aqui no Fane Alinha. Hoje conversamos com o Gustavo Fogaça. O Guffo, como é mundialmente conhecido, fala muito de futebol em todos os locais que passa. Ele faz análises no seu Twitter, comenta as principais ligas no DANZ e também fala no Podcast Eixo que Pariu. Além disso, o cara é cineasta e um dos bigodes mais bonitos da internet!

Hoje, o Guffo está no centro do país tomando conta de sua querida mamãe durante essa pandemia. É do cerrado brasileiro que ele participa das rotinas que a internet permite, observa a natureza e cria conteúdos. Conversamos sobre esses tempos loucos, família, mudanças e como ele esta se virando no meio disso tudo.

Também falamos sobre o mundo da bola. Os impactos do COVID-19 no futebol, as medidas dos clubes, das ligas ao redor do mundo e o que julgamos o que será do futuro. Ah, e claro que falamos de apostas esportivas, outra das especialidades de Guffo, e ele deu dicas quentes para os nossos ouvintes!

Siga o Gustavo Fogaça nas redes sociais:

@PitacodoGuffo no Twitter.
@Guffocom2efes no Instragram.
O Esquemão no Youtube.

Podcast Eixo que o Pariu.
Todos os outros links do Guffo!

Confira os outros episódios da série de bate-papos em tempos de pandemia

Confira os episódios anteriores sobre mudança de rotina e pandemia.

Categorias
Blog Textos

O estilo de Michael Jordan nos anos 1990

A série documental “O Último Arremesso” da ESPN, que está disponível na Netflix, fez muito mais que chamar a atenção para o extraordinário Chicago Bulls dos anos 90. Trouxe de volta o interesse no maior jogador de basquete da história e certamente o mais influente do mundo esportivo: Michael Jordan. Ele foi um dos grandes responsáveis pela virada midiática da NBA, sendo o primeiro a personificar o conceito de atleta-celebridade, rendendo não apenas nas quadras mas também em merchandising. Feito que Ronaldo (Nazário ou Fenômeno. Você escolhe o nome) tentou replicar no futebol, com algum sucesso, em parceria com a mesma Nike que patrocinava o atleta do Chicago Bulls.

MJ ajudou a forjar a imagem do careca no esporte. Incrementou também o bigode fino e permitiu o uso de estampas e tons terrosos.

Uma coisa que me chamou a atenção foi os looks de MJ. Na moda masculina, a influência do streetwear, que nasceu nos anos 80, invadiu com seriedade o dia-a-dia da década de 90. As roupas de “ginástica” deixaram de ser apenas para as práticas esportivas e se tornaram grifes, como Nike e Adidas. Por influência desses atletas, as roupas foram ficando maiores, foram alargando, influenciando e sendo influenciadas pela cultura afro-americana, principalmente do hip-hop.

(Eu sei que eu deveria explicar um pouco como a moda masculina mudou ao longo dos anos e que isso iria ajudar muito para vocês entenderem o que isso significa, mas a gente não tem tempo o suficiente para isso. Então apenas confie.)

Acompanhando o documentário, noto como é incrível ver as mudanças em Jordan, de garoto novato alinhado para super-atleta e referência global. Muitos falam mal do que Jordan veste, principalmente pelos jeans loose-fit, mas não consideram que reflete muito o que ele é, um afro-americano gigante de 2 metros de altura. E, apesar de ser influenciado por seu meio, ele nunca deixou de fazer as suas escolhas. Ainda sobre o documentário, se percebe a construção do jogador como essa personalidade, desde os tênis – Air Jordan – até as marcas que representa.

Michael Jordan no talk Show The Tonight Show with Jay Leno em 1997.

O atleta influencer

Mais jovem, um Jordan usando jeans bem alinhados e camisa. O cabelo curto e o inicio da era Nike.

Michael Jordan superou a imagem de atleta de ponta e abraçou o papel de influenciador muito antes do termo ganhar popularidade.

Dizem que um dos grandes motivos para ele usar roupas oversized é a vergonha de parecer estranho por ser tão alto – até hoje em dia, ele ainda não abandonou o estilo. Outra questão relevante da época é que o traje social começou a perder relevância para um estilo mais largado, casual, o que inevitavelmente acabou alterando a forma como os ternos eram construídos. Foi como se uma geração inteira tivesse esquecido de como se vestir socialmente e as proporções tivessem ficado difusas.

O que se vê então? Um Michael que se permite experimentar, ousar e errar. Influenciando e sendo influenciado pelo que existe disponível no imaginário da época.

Foi MJ que deu a primeira chacoalhada no estilo dos atletas da NBA ao começar a dar suas coletivas vestindo – gigantescos – trajes sociais, criando a impressão de ser maior do que realmente era. Não que dois metros de altura seja pouco, mas estamos falando dos padrões da NBA aqui.

Aqui temos um Michael Jordan em um gigantesco traje que remete muito aos que são usados na Índia e no Paquistão. Ao lado dele, está Pernalonga promovendo o filme Space Jam.

Ah, isso sem falar do único brinco dourado na orelha. O legado cultural dele foi realmente gigante em todos os sentidos. A persona de Michael Jordan na moda masculina é muito parecida com sua trajetória esportiva. Ele se entregou completamente e pensou junto todos os detalhes. Sem medo de usar cores, sem medo de estampas, sem medo de arriscar, mergulhou de cabeça e resolveu jogar o jogo. Com vitórias e derrotas.

A única dúvida que fica é: por que ele ama tanto ternos de 4 botões?

Categorias
Podcast

14 – Nick Ellis e a tecnologia que mata saudade

Feitoria! Nessa semana o Fane Alinha tem a honra de receber um dos caras mais legais da internet brasileira. O homem é tão legal que por muito tempo foi chamado de Mr. Nice Guy!

Estou falando de Nick Ellis, carioca e torcedor do Fluminense, que fala de tecnologia na internet desde quando não era trabalho para adolescentes que moram no exterior ou fãs de compras na China. De lá para cá são anos a frente do Digital Drops, também foi fundador e diretor do TechTudo da Rede Globo e também ex-diretor do MeioBit. Além do seu projeto 366 músicas que começou em 2012.

Em 2020, Nick se mudou para São Paulo e tinha planos de visitar periodicamente os filhos que estão no Rio de Janeiro. Falou como a pandemia mudou sua rotina e sua percepção de tudo que está acontecendo durante esse momento difícil.

Siga o Nick Ellis nas redes sociais:

@NickEllis no Twitter.
@NickEllis no Instragram.
Sites: Digital Drops e Blog de Brinquedo.
@366musicas no Twitter.
@366musicas no Instagram.
366 Músicas no Youtube.

Confira os outros episódios da série de bate-papos em tempos de pandemia

Confira os episódios anteriores sobre mudança de rotina e pandemia.

Oi, eu sou o Fane

Oi, eu sou o Fane Webber e apresento para vocês esse podcast. A ideia aqui é falar da vestimenta masculina. Esse é um podcast de bate-papo que busco pessoas legais para falar comigo de estilo. Você conhece alguma pessoa bacana e quer ouvir ela aqui no podcast? Entre em contato comigo pelas redes ou email!

Espero que gostem das abordagens e aguardo o feedback no emailtwitter e instagram.
Tem algum assunto que você quer ouvir? Entre em contato!

Categorias
Podcast

13 – Luciano Potter parou de perder tempo!

Feitoria! Mais um dos bate-papos com pessoas que estão se “virando” em casa. Nessa semana a conversa é com o jornalista Luciano Potter, das rádios Gaúcha e Atlântida.

Potter está trabalhando de casa desde o começo da pandemia e avalia as mudanças em sua rotina, como aprendeu a administrar o seu tempo e o que pretende continuar fazendo. Também conversou sobre o contexto atual do Brasil, falou de influencers, coerência e até fez paralelos com um ex-presidente famoso. Hmn, qual será?

Siga o Potter nas redes sociais:

@lucianopotter no Twitter.
@lucianopotter no Instragram.
Podcasts:
ATLflix, Era uma Vez no Oeste e Podcast Friends no Spotify.

Confira os outros episódios da série de bate-papos em tempos de pandemia

Confira os episódios anteriores sobre mudança de rotina e pandemia.

Oi, eu sou o Fane

Oi, eu sou o Fane Webber e apresento para vocês esse podcast. A ideia aqui é falar da vestimenta masculina. Esse é um podcast de bate-papo que busco pessoas legais para falar comigo de estilo. Você conhece alguma pessoa bacana e quer ouvir ela aqui no podcast? Entre em contato comigo pelas redes ou email!

Espero que gostem das abordagens e aguardo o feedback no emailtwitter e instagram.
Tem algum assunto que você quer ouvir? Entre em contato!