Categorias
Blog Textos

O estilo de Michael Jordan nos anos 1990

O legado de MJ na cultura e moda foi tão grande quanto o seu legado nas quadras.

A série documental “O Último Arremesso” da ESPN, que está disponível na Netflix, fez muito mais que chamar a atenção para o extraordinário Chicago Bulls dos anos 90. Trouxe de volta o interesse no maior jogador de basquete da história e certamente o mais influente do mundo esportivo: Michael Jordan. Ele foi um dos grandes responsáveis pela virada midiática da NBA, sendo o primeiro a personificar o conceito de atleta-celebridade, rendendo não apenas nas quadras mas também em merchandising. Feito que Ronaldo (Nazário ou Fenômeno. Você escolhe o nome) tentou replicar no futebol, com algum sucesso, em parceria com a mesma Nike que patrocinava o atleta do Chicago Bulls.

MJ ajudou a forjar a imagem do careca no esporte. Incrementou também o bigode fino e permitiu o uso de estampas e tons terrosos.

Uma coisa que me chamou a atenção foi os looks de MJ. Na moda masculina, a influência do streetwear, que nasceu nos anos 80, invadiu com seriedade o dia-a-dia da década de 90. As roupas de “ginástica” deixaram de ser apenas para as práticas esportivas e se tornaram grifes, como Nike e Adidas. Por influência desses atletas, as roupas foram ficando maiores, foram alargando, influenciando e sendo influenciadas pela cultura afro-americana, principalmente do hip-hop.

(Eu sei que eu deveria explicar um pouco como a moda masculina mudou ao longo dos anos e que isso iria ajudar muito para vocês entenderem o que isso significa, mas a gente não tem tempo o suficiente para isso. Então apenas confie.)

Acompanhando o documentário, noto como é incrível ver as mudanças em Jordan, de garoto novato alinhado para super-atleta e referência global. Muitos falam mal do que Jordan veste, principalmente pelos jeans loose-fit, mas não consideram que reflete muito o que ele é, um afro-americano gigante de 2 metros de altura. E, apesar de ser influenciado por seu meio, ele nunca deixou de fazer as suas escolhas. Ainda sobre o documentário, se percebe a construção do jogador como essa personalidade, desde os tênis – Air Jordan – até as marcas que representa.

Michael Jordan no talk Show The Tonight Show with Jay Leno em 1997.

O atleta influencer

Mais jovem, um Jordan usando jeans bem alinhados e camisa. O cabelo curto e o inicio da era Nike.

Michael Jordan superou a imagem de atleta de ponta e abraçou o papel de influenciador muito antes do termo ganhar popularidade.

Dizem que um dos grandes motivos para ele usar roupas oversized é a vergonha de parecer estranho por ser tão alto – até hoje em dia, ele ainda não abandonou o estilo. Outra questão relevante da época é que o traje social começou a perder relevância para um estilo mais largado, casual, o que inevitavelmente acabou alterando a forma como os ternos eram construídos. Foi como se uma geração inteira tivesse esquecido de como se vestir socialmente e as proporções tivessem ficado difusas.

O que se vê então? Um Michael que se permite experimentar, ousar e errar. Influenciando e sendo influenciado pelo que existe disponível no imaginário da época.

Foi MJ que deu a primeira chacoalhada no estilo dos atletas da NBA ao começar a dar suas coletivas vestindo – gigantescos – trajes sociais, criando a impressão de ser maior do que realmente era. Não que dois metros de altura seja pouco, mas estamos falando dos padrões da NBA aqui.

Aqui temos um Michael Jordan em um gigantesco traje que remete muito aos que são usados na Índia e no Paquistão. Ao lado dele, está Pernalonga promovendo o filme Space Jam.

Ah, isso sem falar do único brinco dourado na orelha. O legado cultural dele foi realmente gigante em todos os sentidos. A persona de Michael Jordan na moda masculina é muito parecida com sua trajetória esportiva. Ele se entregou completamente e pensou junto todos os detalhes. Sem medo de usar cores, sem medo de estampas, sem medo de arriscar, mergulhou de cabeça e resolveu jogar o jogo. Com vitórias e derrotas.

A única dúvida que fica é: por que ele ama tanto ternos de 4 botões?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *